~Aí sim fez sentido ter um blog~

Recentemente eu ouvi essa frase e confesso que na hora eu fiquei ~owwww who are you at the line of the bread pra achar o que faz ou não faz sentido ter um blog?~. Hahahaha. Mas depois fiquei pensando bastante nela porque aquilo pra mim era total verdade. A partir daí comecei a pensar “pois é, ter um blog pra que?”. ~Por que Cáh?~. Bom, há algum tempo eu ando muito incomodada com a forma que eu tô vivendo a minha vida. E digo isso em relação à tudo. Amores, pensamentos, a forma de levar os acontecimentos do dia a dia, os conteúdos do blog etc. ~Cáh, não entendir nada, buguei~. Calma migues!

Vou explicar tudinho!

Eu sempre fui uma pessoa muito estressada, pavio curto, ansiosa, acumuladora, complexa e blablabla. Óbvio, somos seres humanos e todos temos defeitos mas não é porque temos esses defeitos que somos obrigados a conviver com eles. A minha ansiedade me deixa muito inquieta, me faz pensar o pior de mim e das coisas que acontecem comigo. Isso me deixa irritada e fico de cu virado o resto do dia. Eu não sei se isso tem alguma ligação com a ansiedade ou meu TOC mas eu sou MUITO acumuladora e era muito consumista. Ai gente, sabe quando você vai arrumar o quarto, tira um caminhão de lixo e quando olha, não mudou nada? Doa, doa, doa roupa e ainda continua com um monte? Hahahahaha essa sou eu!

Tudo isso vem me incomodando desde o começo do ano. Cheguei até a fazer um post falando um pouco sobre como estava buscando uma vida diferente principalmente um consumo consciente. E tá dando certo! É um processo bem demorado mas eu tô muito feliz que aos poucos eu tô conseguindo entender meus defeitos e acabar com os que me incomodam. (eu perco o foco da conversa muito rápido, não liguem).

ENFIM!

Meu sonho sempre foi ter um blog, desde criança. Mas sabe né, criança… Não sabia nem limpar a bunda direito, imagina saber o que iria escrever em um blog. HAHAHAHAH. Depois de alguns anos surgiu o Garotas Enxaqueca. O blog foi criado numa época muito difícil da minha vida, acredito que a pior. E foi o que me mantinha ocupada e dentro do meu mundinho.

Comecei a falar sobre beleza, maquiagens, moda, etc e isso me distraía. Mas ainda não fazia muito sentido pra mim. Depois que a época ruim passou eu sentia muita vontade de compartilhar tudo o que eu aprendi, porque eu queria passar algo a mais pra quem me acompanhava. Aí surgiram os bate-papos, a minha carta aberta sobre auto estima e isso foi me mostrando um caminho que era o que eu realmente tava buscando pro blog mas acabei não continuando.

A questão é:

Eu quero falar sobre moda, mas quero falar sobre como a moda pode ajudar na auto estima de uma pessoa. Quero falar sobre maquiagem e beleza mas mostrar que ninguém precisa ser a miss universo pra se sentir bonita. Eu acredito na influência que podemos ter sobre uma pessoa. E por que não usar essa influência pra fazer quem tá lendo o blog se sentir bem ou estimular nela o auto conhecimento?

Think about that

Pronto, parei!

Já me prolonguei demais nesse bate papo, quase 700 palavras e agora vou precisar segmentar o texto pra não ficar boooriiiinnngg hahahahahaha ô vida! Mas enfim gente. O blog vai continuar tendo os conteúdos de novidade sobre produtos lançados e todos os releases que recebo de empresas que achar interessante pra notícia. Mas farei todos os posts pensando nessa premissa e nesse valor que hoje adotei pro blog.

Logo vai ter uma nova categoria aqui no blog ~lifestyle~ que quero compartilhar toda essa mudança que eu tô fazendo na minha vida e nas minhas atitudes. E espero muito que vocês gostem.

Você entendeu esse post?

[  ] não

[  ] entendi merda nenhuma

[  ] você virou hippie?

Beijos ❤

Administradora por formação, blogueira por amor e metida a web designer por economia.

Comentários

4 thoughts on “Ter um blog pra que?”

  1. Hahahahaha você é sensacional, migs.
    Amo seu senso de humor, seu jeitinho bem Cah de ser e de falar/escrever e é isso que te torna tão especial!
    Ter um blog é uma tarefa bem complicada, mas saber que ajudamos alguém faz cada segundo valer a pena.
    Você é demais. Ponto final!

  2. Maravilhoso, Cah! Adoro esse seu jeitinho de ser e vou adorar acompanhar ele por aqui. Acredito que esse novo caminho é super a sua cara, quem te conhece sabe!
    Eu só sei que eu te amo e quero ser sua amiga sempreeee haha <3

Deixe uma resposta