Já conversamos aqui no blog sobre o que é slow fashion e hoje o papo é como se tornar um consumidor consciente que, na minha opinião não existe uma regra e sim bom senso.

Fiz um curso no final do ano passado sobre consumo consciente e quero repassar o que aprendi com vocês.

Lembrando que:

1. Consumo consciente não é “não gastar ou não comprar nada”, é avaliar o nível de importância do que se quer consumir.

2. Consumo consciente também não tá só relacionado aos aspectos financeiros, mas também ambientais e sociais.

Eu me sinto bem quando compro algo!

E pior que eu também!!

Eu sofro de ansiedade e confesso que comprar é terapia nessas horas, às vezes ainda coça a mão pra sair gastar e fazer aloca nas lojas, mas tô sabendo me controlar. Como?

Se eu gosto muito de algo eu experimento e deixo na loja. Se eu sentir que quero muito e estiver dentro do meu orçamento, eu volto e compro. Se não tá no meu orçamento eu com certeza vou ter que deixar de gastar em alguma outra despesa do orçamento pra compensar essa compra. (salão de beleza, pizza de sábado a noite, happy hour, enfim).

Alerta de tendência!

E quem não gosta e é muito difícil resistir às vezes né? Usar tendência não é proibido, o que não pode é comprar algo que você não vá usar. 

Peças de tendência são absurdamente caras porque as lojas sabem que todo mundo com certeza vai comprar… Minha dica é você fazer 3 perguntinhas básicas pra você mesma:

1. Esse é o meu estilo?

2. Eu consigo adaptar pra vários looks diferentes?

3. Quantas vezes eu vou usar?

Não tenho o que usar!

Você já parou pra avaliar todo o seu guarda roupa e fazer um balanço de tudo o que você tem? ~eu ainda não fiz~.

Às vezes temos peças legais perdidas e esquecidas pelo guarda roupa que sempre achamos que não temos nada. E se você achar alguma peça com algum rasguinho, desbotada ou com um botão faltando, conserte, customize! Aqui no blog tem várias dicas legais de customização.

Seja feliz para sempre com sua roupa!

Compre peças que você sabe que vai usar por um longo tempo e não digo 6 meses, digo alguns anos. Tenho várias peças que ainda uso e são de 4 anos atrás mas, se você enjoar de alguma peça, troque com alguma amiga ou venda pra um brechó… Compartilhe seu armário, é muito legal além de sustentável o/

Fast fashion: comprar ou não comprar, eis a questão!

Bom, já vi muita gente falando que pra um consumo mais consciente e sustentável o certo é evitar consumir de fast fashion. Eu concordo mas também percebo que na economia de hoje e no tamanho do mercado fast fashion aqui no Brasil é um pouco difícil não comprar nessas lojas. Minha dica nessa situação é: guarde dinheiro pra poder comprar uma peça com mais qualidade e dê preferência pra marcas locais, armários compartilhados, trocas etc. Caso não seja possível, siga os tópicos anteriores.

Brinque com as peças que você já tem!

Se desafie a usar todas as peças do armário, faça looks diferentes, invente moda, chama azamiga pra participar. Descubra novas formas de usar aquele vestido social ou aquela saia lápis midi que você só usa pra trabalhar.

No post sobre slow fashion eu deixei algumas dicas simples sobre como diminuir o consumo então vale a pena dar uma lida também.

Não é fácil largar essa cultura de consumo, por isso criei essa tag slowfashion com garimpos e vários outros temas pra vocês acompanharem e entrarem nesse desafio comigo.
Espero que tenham gostado.

Comentários

Administradora por formação, blogueira por amor e metida a web designer por economia.

8 thoughts on “Como praticar o consumo consciente, economizar e ainda ficar na moda?”

  1. Sei bem como é e compartilho desse sentimento!
    No começo é sempre mais difícil se controlar, mas você que já brinca bastante com peças, vai conseguir fácil!
    Vai ter um desafio mara nas próximas semanas, participa junto que vai ser sucesso!
    Beijos <3

  2. Adorei! Tem dicas muito simples que por vezes nos preferimos nao ligar mas que são muito importantes… Essa das 3 perguntinhas é muito basica mas ajuda imenso na hora de comprar aquela peça que provavelmente so iremos usar uma vez!

    Estou numa de guardar cada vez mais dinheiro e ser mais consciente com o que compro. Por vezes é dificil e faço ainda muitas más compras mas vou-me adaptando 😉

    Beijinho! http://wherebelong.blogspot.pt/

  3. Rute, é tudo isso que você disse e mais um pouco. É simples mas sempre complicamos né? Às vezes eu também escorrego e faço uma má compra, mas é assim, vamos acertando à medida que erramos e aprendemos com isso o/
    Muito foco e consumo consciente pra nós <3
    beijos

Deixe uma resposta