Eu já tinha ouvido muita gente falar sobre esse livro e de como a história era demais, mas eu só fui comprar mesmo depois de umas 4 vezes que peguei ele na mão numa livraria. Eu lia a sinopse do livro todas as vezes que ia numa livraria e achava a história triste demais. Como não sou fã de histórias de que envolvem câncer e amor, foi bem difícil comprar logo de primeira.
O livro foi publicado pela Editora Intrinseca e não tenho o que reclamar. O espaçamento das páginas, a fonte, a folha, a capa, tudo perfeito!

Sinopse – A Culpa é das Estrelas (The fault in our stars) – John Green

“A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer – a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.”


Da última vez que fui na livraria resolvi comprar o livro, e me arrependo muito de não ter comprado antes, eu terminei de ler o livro em um dia de tanto que a história te prende. O jeito como o autor conta a história é demais! Não tem como não rir, chorar, ficar com raiva, se indignar, ou seja, é totalmente inevitável você não se sentir parte da história, e apesar de abordar o assunto de uma doença, o autor soube não deixar aquelas histórias deprimentes em que só acontecem coisas ruins. Eu me peguei chorando numa página e na página seguinte rindo.

Me apaixonei pela ironia da Hazel e a maneira como ela, Augustus e o amigo encaram a doença e suas consequências, em algumas partes do livro eu me envolvi tanto que me peguei respirando junto com a Hazel.
O livro é uma história fictícia, porém, em algumas partes, nos faz refletir muito sobre como encaramos as dificuldades na nossa vida.



Me apaixonei pela história do autor John Green e o próximo livro que vou ler da minha estante é o Teorema de Katherine. No mais,é só esperar ansiosamente o lançamento do filme que será no segundo semestre desse ano. Leiam o livro e preparem-se pra chorar muito!

Fiz um post sobre os livros que valem a pena serem lidos antes de assistir o filme para quem (como eu) gosta de ler o livro primeiro e assistir o filme pra comparar a história.

Se quiser me acompanhar pelo skoob é só clicar aqui.


Comentários

Administradora por formação, blogueira por amor e metida a web designer por economia.

Deixe uma resposta