Uma das coisas que mais me irritam na vida inteira é quando forma aquelas bolinhas HORRÍVEIS depois que o esmalte seca. Sério gente, é a morte pra mim, porque já morro de preguiça às vezes de pintar a unha e quando vejo, bolinhas indesejáveis. u.u’

Pesquisei muito em vários sites pra saber qual o motivo de criar estas bolinhas e achei alguns motivos bem simples que com algumas dicas pra evitar essas bolinhas chatas!

Dica 1:
GELO!
Um dos motivos para as bolinhas aparecerem é a temperatura do corpo e da mão que estão quentes! Não é necessariamente algo ligado ao verão, em qualquer estação do ano isso pode acontecer.
Pegue uma vasilha e coloque gelo, deixe seus dedos descansando no gelo até que a temperatura fique baixinha. Agora sim você pode passar seu esmalte!
Dica 2:
SEM VENTO!
Além de passar camadas finas de esmalte, também é necessário deixar secar bem antes de passar o top coat ou outra camada. Acabamos não tendo muita paciência para esperar secar camada por camada e ainda por cima limpar os cantinhos e blablabla, então acabamos nos apavorando e passando várias camadas e procurando o velho amigo vento para secar logo. Lógico que resultado bom não vai sair né?! As bolinhas são decorrentes da evaporação do esmalte e como evaporar, fica na superfície, criando essa aparência feia.

Dica 3:
ESMALTE FINO!
Não utilize esmalte e top coat grossos. Se perceber que o esmalte está grosso, pingue algumas gotas de diluente nele e agite bem ( diluente, não acetona ). Se não tiver diluente em casa, passe camadas bem fininhas então desse esmalte.
Dica 4:
APERTE AS BOLINHAS!
Essa é a dica que eu menos uso, você pode pressionar as bolinhas para que elas estourem, porém, todas as vezes que fiz ficaram as marcas das apertadinhas no esmalte.

Enfim, as dicas que eu mais utilizo são a 1 e a 3, funcionam super bem pra mim, e pra vocês?
Espero que tenham gostado 

Comentários

Administradora por formação, blogueira por amor e metida a web designer por economia.

4 thoughts on “Esmalte com bolinhas: como evitar”

Deixe uma resposta